Panamá receberá próxima Jornada Mundial da Juventude
03/06/2016 07:54 em Novidades

A próxima edição da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), um dos principais eventos organizados pela Igreja Católica, será realizada no Panamá em 2019. O boato veio à tona no último dia 31 e foi apurado pela ANSA durante reuniões sobre os preparativos da JMJ que ocorrerá neste ano, em Cracóvia, na Polônia, entre os dias 26 a 31 de julho, e a qual será presidida pelo papa Francisco. 

O anúncio oficial, porém, deverá ser feito durante o evento na Polônia, de acordo com fontes da Santa Sé. A decisão de escolher o Panamá como sede do evento ameniza os rumores de que a JMJ, criada nos anos 1980 pelo papa João Paulo II para aproximar a Igreja dos jovens, seria encerrada após a edição polonesa. Isso porque algumas dioceses ficaram endividadas por participarem da JMJ, como ocorreu com a do Rio de Janeiro em 2013. 

Além do Panamá, outro país que estava sendo cotado para sediar a JMJ era Cuba, cuja a reaproximação com os Estados Unidos foi mediada pelo Papa em um de seus principais trabalhos diplomáticos.    

A proposta do Panamá foi levada a Francisco pelo cardeal hondurenho Oscar Rodríguez Maradiaga, um estreito colaborador do Papa e coordenador do "C9", grupo de nove purpurados que estudam a reforma da cúria, além de representante influente do episcopado da América Latina.    

O papa Francisco se encontrou com o presidente do Panamá, Carlos Varela Rodríguez, em setembro de 2014, em uma audiência privada durante a qual discutiram o futuro da juventude. A arquidiocese do Panamá, conduzida pelo arcebispo José Domingo Ulloa Mendieta, já iniciou os projetos para a organização do evento. 

A primeira JMJ presidida por Francisco foi a do Rio de Janeiro, em julho de 2013. O evento no Brasil também se tornou a primeira viagem internacional do argentino Jorge Mario Bergoglio, eleito Papa em março daquele ano. (ANSA)

 

 

 

Fonte: Agência ANSA

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!